Desbravando a Coreia do Sul através da comida caseira

Pelo teor das minhas postagens você já deve ter notado que sou da opinião de que não há nada melhor que a comida típica para imergir na cultura local, seja ela servida em algum restaurante refinado, na casa de algum morador ou até mesmo em uma banquinha de rua, o que muito me agrada. Assim, na busca pela mais autêntica experiência gastronômica possível ao pesquisar “coisas para fazer em Seul”, observando que uma das aulas oferecidas pela OME Cooking Lab era a “Comida Caseira Coreana”, não hesitei: imediatamente separei um dia do meu roteiro para tal.

E foi uma escolha muito acertada, sem dúvida um dos highlights da viagem, a qual passo a contar para vocês, queridos leitores.


O tour começou de uma forma muito interessante, com uma visita aos mercados Gyeongdong e Yangnyeong, esse último o maior mercado medicinal da Coreia do Sul. Os Mercados têm mais de 70 anos e até hoje são frequentados pela população coreana para aquisição de plantas medicinais, carnes, frutos do mar, grãos, chás, óleos, frutas e comidas em geral. Antigamente era um mercado só, mas hoje em dia foi dividido basicamente em dois: o Mercado Oriental de Plantas Medicinais, o Yangnyeong, e o de Mercado de Comidas, o Gyeongdong.

Alguns dos produtos comercializado nos mercados Gyeongdong e Yangnyeong

Adquirimos os insumos necessários para a preparação dos pratos e fomos ao estúdio do OME Cooking Lab. A Chef Minseon e sua equipe montaram então a mesa com os utensílios que precisaríamos e logo colocamos a “mão na massa”!

Preparação dos ingredientes pela Chef Minseon
Com a mão na massa

O grupo era pequeno, apenas 9 pessoas, o que facilitou a interação e deixou a experiência mais divertida. A Chef Minseon ia apresentando cada ingrediente – a grande maioria novidade para mim – e instruindo como deveria ser cortado e preparado. As tarefas foram divididas entre todos e deixamos tudo pronto para a hora de cozinhar.

Todos na preparação dos pratos tradicionais da Culinária Coreana

Na culinária local as panelas são dispostas na mesa, junto aos alimentos,
facilitando o cozinhar.

Preparamos 3 pratos e 2 acompanhamentos da cozinha caseira coreana. Comecamos pelo Kimchi-jjigae, tipo um caldo que leva o Kimchi (vegetais), atum, cogumelos, cebola, pimenta e alho. Pode ser de porco ou carne, ao invés do peixe. Esse talvez seja o prato mais tradicional do gastronomia do país.

Fizemos também o Bulgogi, que basicamente consiste em fatias finas de carne de porco, com diversos vegetais.

Outra iguaria muito gostosa foi a Haemull-Pajeon, uma panqueca de frutos do mar. Uma delícia. Vi muita gente comendo esse prato pelas ruas do país.

Ainda, preparamos o Japchae noodle de batata doce com vegetais de 5 cores diferentes; o Geotjeorirepolho, radicci, cebolinha, pimenta, alho, molho de anchova e mel; e o Jeyuk Bokkeum – similar ao Bulgogi, mas mais apimentado e com carne de porco, em substituição à carne bovina.

Ao final, mesa posta, experimentamos todos os pratos. Bastante exótico para meu paladar, mas tudo muito gostoso. Gostei bastante da panqueca de frutos do mar e do Bulgogi de Carne.

Tá na mesa!

Além disso, durante o almoço escutamos da Chef Minseon diversas curiosidades sobre a Coreia do Sul, não só gastronômicas, o que deixou a experiência ainda mais completa.

E esse foi um dos meus dias em Seoul, onde tive a oportunidade de conhecer um pouco mais da cultura sul coreana através da gastronomia típica. Valeu muito a pena ter feito, saí da OME Cooking Lab extremamente satisfeito, em ambos sentidos.

O Markinho, do @namochiladomarkinho, foi meu parceirão em mais essa experiência, me acompanhando, tirando muitas fotos e aprovando também o programa feito!  

Todos satisfeitos!

Informações que você precisa saber:

A OME Cooking Lab é uma escola de culinária coreana, escolhida como empresa de Business Tourism Venture pela Korean Tourism Organization, gerida pela renomada Chef Minseon, a qual oferece a viajantes programas exclusivos de gastronomia local.

OME significa 5 gostos, que são doçura, acidez, amargor, salinidade e calor. E essa é a proposta da Chef Minseon, que você tenha experiencie os sabores coreanos através dessas 5 percepções.

A OME Cooking Lab disponibiliza aulas diariamente, em dois turnos, manhã das 10am – 1pm e tarde das 2pm – 5pm. Os preços variam entre 60 e 100mil WON (aprox. US$ 60 e US$ 100), a depender da aula escolhida. A programação varia de acordo com o dia da semana e você pode consultar todas essas informações clicando aqui.

Independente da aula, o programa inclui o tour pelo mercado local, compra de ingredientes, a aula de cozinha e a degustação dos pratos elaborados.

Se você é vegetariano e/ou tem alguma restrição alimentar, tal como alergia ou intolerância, sem problema! Basta avisar com antecedência e o cardápio pode ser adaptado à sua dieta.

Nas dependências da escola tem free WiFi e tomadas para carregar seu telefone/câmera.

Reservas são necessárias e você pode fazer através do website da OME Cooking LAB [clique aqui] pelo email ome@5-tastes.com

Para maiores informações vale a pena dar uma olhada no site da OME Cooking LAB.

Confira també a OME Cooking LAB nas Redes Sociais! Tem muita coisa legal por lá! O Instagram é esse aqui e o Facebook é esse aqui.

O TravelerBR fez o programa Korean Home Cooking Class em parceria com a OME Cooking Lab

Rodrigo Siqueira

Related Posts