Browsing Tag

Hospedagem

Nazu City Hostel – Onde ficar em Guayaquil, Equador

Independente se você vai a Guayaquil apenas para esperar seu voo para Galápagos – o que eu acho uma pena, pois a cidade é bem bacana e merece uma visita -, ou se você vai ficar alguns dias para explorar suas atrações, não há melhor opção de hospedagem que o NAZU City Hostel.

O NAZU City Hostel é um espaço diferenciado e tem uma proposta bem cool e descontraída, o que faz você se sentir à vontade. A decoração é bastante clean e moderna, com espaços bem definidos e agradáveis.

Procurando um bom lugar para se hospedar em Sampa?! Já encontrou!

Vai a São Paulo e quer ficar em um lugar tão confortável quanto a sua casa?! Duvido encontrar melhor opção que o Lobo Urban Stay!

O Lobo Urban Stay é um espaço diferenciado, cuja proposta é justamente fazer com que você se sinta em casa. E isso é cumprido com muita maestria pelos proprietários Henrique e Paula. Eles simplesmente fazem de tudo para honrar o lema do hostel. Muito gente boa e atenciosos, estão sempre disponíveis para ajudar com as necessidades dos viajantes, além de darem aquelas dicas matadoras que só os locais sabem.

Hospedagem na casa dos outros

Vai se hospedar na casa de alguém? Anote aí algumas regras básicas.

Está cada vez mais em alta se hospedar na casa de outras pessoas durante as viagens, seja através do Couchsurfing, seja pelo bom e velho convite de um amigo.

Apesar da facilidade e economia dessa nova moda, não se esqueça de que você deve seguir algumas regrinhas básicas para não se tornar aquele “hospede mala”.

Man Enjoying Beer And Pizza In Front Of TV

Não seja o “mala”!

Aí vão elas:

1. Nunca se convide! Essa iniciativa deve partir do anfitrião. Você pode comentar que estará na cidade por alguns dias, que seria legal vê-lo etc, mas nunca se autoconvidar.

2. Seja transparente com o dono ou dona da casa. Nunca extrapole os dias de estadia combinados. Também não leve ninguém para a casa em que você está hospedado.

3. Evite usar os objetos pessoais dos anfitriões. Nada mais desagradável do que encontrar um pelo que não é seu no sabonete, não?! Então você, hóspede, leve (e use!) seus próprios pertences, principalmente os de higiene.

4. Seja agradável com os moradores da casa. Isso inclui também os bichinhos de estimação. Não chute o gato, o cachorro, muito menos as crianças, mesmo que você não goste delas!

5. Não deixe seus pertences espalhados pela casa. Organize sua mochila. Não deixe a louça suja, a toalha molhada em cima da cama, o tênis no meio da sala, a tampa do vaso levantada…

6. Lembre-se que você não está em um resort 5 estrelas, nem tem um mordomo à sua disposição. Se proponha a ajudar, ofereça-se para cozinhar, lavar a louça, pôr a mesa, etc.

7. Respeite a rotina e as regras da casa. Evite atrapalhar a vida dos anfitriões. Respeite os horários deles. Acorde antes que os donos da casa e os poupe de lhe encontrar de cueca/calcinha/pijama no meio da sala.

8. Evite devorar tudo que o anfitrião tem na geladeira. Se for o caso, faça umas comprinhas no supermercado.

9. Reciprocidade é alma do negócio! Já que uma mão lava a outra, dê sua contrapartida: ofereça uma janta, agradeça com uma lembrança, um vinho ou um cartão. Se tiver criança na casa, um presente cai bem.

10. Por último, ofereça sua casa. Como retribuição, esteja à disposição de quem lhe recebeu.

Seguindo essas simples dicas você terá grandes chances de garantir um novo convite 😉

E você… já ficou na casa de alguém? Já hospedou alguém na sua casa?

Conte pra nós!