Mr. Musa – O barqueiro mais gente boa da Tailândia

Uma das perguntas que recebo com mais frequência é: “Rodrigo, você indica algum barqueiro de confiança para fazer um passeio privado em Long Tail pela ilha? E agora, pelo título desse post, você já sabe a resposta… SIM! Indico muito o Mister Musa, o barqueiro mais gente boa da Tailândia.

Antes de falar sobre os serviços dele, no entanto, tenho que dizer o porquê de tamanha confiança e indicação. Pois bem, trabalho em Koh Phi Phi como Instrutor de Mergulho na Profun Divers (veja o post sobre o Mergulho em Koh Phi Phi clicando aqui) e sempre que preciso fazer algum perfil de imersão em que eu não possa sair com o barco grande por questões de logística – determinados cursos ou mergulho em naufrágio, por exemplo –, contrato os serviços de Long Tail do Mr. Musa.

Um parêntese: já falei duas vezes “Long Tail” e não expliquei o que é. Long Tail são aqueles barquinhos típicos tailandeses, de madeira e motor, geralmente com coroas de coloridas flores penduradas na proa (parte da frente da embarcação). Aliás, você sabe a razão da tal coroa?! Eles acreditam que na proa se encontra o espírito do barco e assim as flores são um gesto de devoção.

Long Tail – tradicionais barcos tailandeses

Fechado parêntese e voltando ao assunto, enquanto eu mergulho o Mr. Musa controla o barco na superfície, sempre me acompanhando pelas bolhas, sabendo ao certo minha localização. Nem penso na hipótese de subir à superfície e o barqueiro não estar lá me esperando. NÃO COM ELE, mas isso já aconteceu comigo e posso dizer que a sensação não é nada boa. Responsabilidade, hein!

Enfim, após tanto utilizar seus serviços para o mergulho, certa vez resolvi contratá-lo para um tour pelas ilhas e foi simplesmente SENSACIONAL! A mesma atenção e responsabilidade que ele tem para com as atividades de mergulho o Musa aplica no tour pelo Arquipélago Phi Phi.

Esse é o Mister Musa… o barqueiro mais gente boa da Tailândia

O Mr. Musa oferece um serviço personalizado, em que o roteiro e tempo de duração estejam de acordo com o seu cronograma e interesses. Lógico, com tanta experiência ele já tem um itinerário pronto como sugestão, o qual cobre os melhores pontos da ilha.

Nossa dica então – a dele e a minha – é sair cedinho para a Maya Bay, entre 7 e 7:30am, pois assim você já pega luminosidade na baía e evita os inúmeros barcos que saem de Krabi e Phuket. Evita, também, aqueles viajantes que estão em Phi Phi mas resolveram ficar na cama um pouco mais – ou aqueles que exageraram nos “buckets” da noite anterior e agora estão de ressaca.

A Maya Bay é sem dúvida a praia mais famosa da Tailândia. Ela ganhou esse destaque todo já que foi o cenário do filme A Praia, protagonizado pelo Leonardo Di Caprio no ano 2000.

Algumas observações sobre a Maya Bay:

Obs1: Não adianta sair muito cedo para a Maya Bay e pegar ela antes mesmo do sol nascer. Ela fica muito mais bonita com incidência de luz – estando entre 7:30 e 9am está excelente!

Obs2: Outro aspecto para levar em consideração é a tábua de marés. Se ela estiver muito baixa recomendo sair um pouco mais tarde. Isso pode ser consultado com o próprio Mr. Musa no dia da contratação dos seus serviços.

Obs3: Se você não se importa com a multidão (acredite, é multidão mesmo!) pode inverter a ordem do passeio e deixar a Maya Bay para o meio dia. Assim irá pegar ela totalmente iluminada, mas com bastante gente.

Obs4: Fui a Maya Bay mais de 100 vezes em razão dos mergulhos. SEMPRE terá gente, mas minha experiência diz que o horário em que há mais pessoas ainda é entre 9am e 2pm, pois é o quando os tours regulares ocupam a praia.

Obs5: Leve em consideração que para ingressar na Maya Bay há uma taxa Ambiental no valor de 400 Baths, paga diretamente aos agentes do governo tailandês.

A famosíssima Maya Bay, cedinho da manhã, com pouca gente

Maya Bay ao meio dia – mesmo com o dia relativamente nublado, muita gente

Aquela clássica “selfie” na praia mais famosa da Tailândia

Saindo da famosa Maya Bay, a pedida é ir para a Pileh Lagoon, na Ilha Pileh, que sem dúvida é um dos pontos mais bonitos do Arquipélago. Peça a máscara e snorkel para o Mr. Musa (ou leve a sua) e se divirta nadando naquelas águas cristalinas enquanto aprecia a imensidão da formação rochosa.

Pileh Lagoon – se não o mais, um dos pontos mais lindo do Arquipélago Phi Phi

Conhecida a Koh Pileh, hora de dar um oi para os macacos na Monkey Beach! No caminho você passará rapidamente pela Viking Cave, onde ainda vivem alguns pescadores. Eles não gostam muito do agito dos turistas, então não dão muito as caras no “horário de pico”, mesmo assim é curioso ver a caverna:

Viking Cave – Você acredita que pescadores moram aí?!

Enfim, vamos aos macacos. Eles são da pá virada! Então é necessário alguns cuidados para curtir essa experiência da melhor forma possível:

Dica1 – Não alimente os macacos! Isso desregula todo o meio ambiente. Caso não se aguente e queira dar algum petisco para eles, dê frutas como banana, maçã, etc e evite dar alimentos ou produtos industrializados (já vi macaco tomando fanta laranja na latinha, acredite!);

Dica2 – Cuide seus pertences! É muito comum macacos roubarem telefones, câmeras, óculos… Eles pegam esses bens para ver se tem comida dentro. Então proteja suas bolsas, sacolas etc.

Dica3 – No mesmo sentido do cuidado acima, feche bem seus alimentos. Não deixe sacolas com comida expostas no barco. Certamente eles sentirão o cheiro e pularam na sua embarcação;

Dica4 – Evite o contato físico com eles. São animais selvagens e possuem um organismo totalmente diferente do nosso. Caso eles não estejam gostando do seu comportamento, podem morder ou arranhá-lo. Não se esqueça que uma mordida de macaco é extremamente perigosa e há risco de transmissão da raiva. Se isso ocorrer acione seu seguro viagem e vá imediatamente ao hospital ou clínica médica.

Macacos me mordam! rsrsrs – São dá pá virada, hein!!!

Se divertiu bastante com os macaquinhos?! Então agora é hora de brincar com os tubarões! Siga para um snorkel com tubarões no Shark Point! Não se preocupe, eles são bonzinhos, juro! Na verdade você encontrará muitos Black Tip Sharks, em português, Tubarão Galha Preta. Eles são inofensivos e se alimentam basicamente de peixes pequenos. Mister Musa com certeza ajudará a encontrá-los. Lembre-se de não tocar nos corais e vida marinha, pois isso é extremamente prejudicial para o meio ambiente.

Tubarões galha preta – embora pareçam perigosos, não são

Agora uma navegação de aproximadamente 30 minutos até a Bamboo Island, que fica ao Norte de Phi Phi Don, a ilha principal de Koh Phi Phi. Bamboo é simplesmente sensacional! Verdadeira ilha paradisíaca, daquela que você vê em filmes. Por lá não é permitido pernoitar. Há uma extensa faixa de areia branca, pontos para snorkelling, uma área de sombra para descanso. Sugestão: Dar a volta na ilha caminhando ou apenas pegar aquele sol jogado na areia.

Obs1: Assim como na Maya Bay, para ingressar na Bamboo Island você deve pagar uma Taxa Ambiental no valor de 200 Baths;

Obs2: Reserve um tempo a mais para esse paraíso, pois vale muito a pena;

Obs3: Lá não há nada de comida e/ou água para comprar. Não esqueça de levar seus itens e recolha seu lixo.

Bamboo Island, Koh Phi Phi – um verdadeiro paraíso

Uma vez que tenha curtido bastante Bamboo, hora de passar pela Moskito Island. Dessa vez é só passar mesmo, pois a ilha se encontra temporariamente fechada para o turismo por questões ambientais. De qualquer forma, vale a pena a contemplação e algumas fotinhos, por que não?!

Moskito Island – temporariamente fechada por questões ambientais

Tem fôlego (e tempo!) para mais um ponto?! Se sim, vale muito uma passada na Nui Bay, uma pequena (e linda) baía perto da praia de Lo Dalum (a praia das festas de Phi Phi). É uma baía bastante tranquila e boa para nadar.

Caso não tenha mais tempo ou já esteja cansad@, não se preocupe, é possível chegar lá por conta própria alugando um caiaque na beira da praia. A remada é de aproximadamente 1 hora/1 hora e meia, então leve em consideração sua condição física antes de ir. Outra coisa importante é checar as condições climáticas como vento, ondulação etc.

Descartou o caiaque? Sem problemas! Você pode chegar lá em um táxi boat.

A Nui Bay pode ser uma ótima pedida para um turno livre pela ilha.

Nui Bay – Você pode usar o caiaque para chegar lá

As 6 horas passaram voando e você conheceu os melhores pontos do Arquipélago Phi Phi. Hora de retornar à ilha principal e descansar um pouco (ou achar aquele restaurante legal para fechar o passeio com chave de ouro).


Informações que você precisa saber:

Como falei, o Mister Musa faz um roteiro totalmente personalizado de acordo com sua disponibilidade e interesse. Isso tudo que escrevi acima é apenas uma sugestão com os pontos que acho mais interessante no arquipélago. Esse itinerário pode ser alterado por você, incluindo ou retirando algumas horas e lugares. Ainda, esse percurso pode sofrer modificação em razão de condições climáticas e viabilidade, de acordo com a experiência do Mr. Musa. Afinal, segurança em primeiro lugar.

Preços: Isso tem que confirmar com ele no momento da contratação, no entanto, para que você tenha uma base, para o Long Tail privado por até 6 horas ele está cobrando mais ou menos:

1 ou 2 pessoas: 3500 Baths (aprox. R$ 350)

3 ou 4 pessoas: 4000 Baths (aprox. R$ 400)

5 ou 6 pessoas: 4500 Baths (aprox. R$ 450)

Levando em consideração a quantidade de horas – são 6 horas de um passeio privado! -, a beleza dos lugares e a competência do Mister Musa, esse passeio é bastante acessível. Dividido por 4 pessoas, por exemplo, com aprox. R$ 100 por pessoa você terá visitado os melhores pontos da ilha de uma forma super exclusiva!!! Atenção: certamente você encontrará barqueiros mais baratos, mas tenha cuidado, viu?! Já ouvi muitos relatos de viajantes que contrataram barqueiros mal educados, que não levaram nos melhores pontos, que não auxiliam em nada fora conduzir aos pontos do roteiro, que não falam inglês e, com isso, a comunicação fica restrita… e por aí vai. Esses são alguns dos diferenciais do meu amigo Mr. Musa!

Onde encontrar o Mr. Musa: Infelizmente ele não está atualizado com WhatsApp ou outras formas de comunicação digital. Mas ele é facilmente encontrado em Phi Phi na rua principal paralela ao mar, na frente do Doctor Fish (loja de massagem de pés com peixes). Caso você não o encontre me manda um WhatsApp que levo você ao encontro dele.

O que levar: Independente da duração e roteiro, lembre-se de levar consigo protetor solar, água, frutas e dinheiro para pagar as taxas da Maya Bay e Bamboo Island (600 Baths por pessoa).

Que tal um passeio de Long Tail Privado em Phi Phi?

E aí, Rodrigo, vale a pena pegar Long Tail Privado ou sair em um Tour em Grupo?

Isso vai depender muito do seu perfil. Tours em grupo geralmente são feitos em Speed Boats (barcos rápidos). Posso listar algumas vantagens e desvantagens de cada um:

Long Tail Privado

Tours em Grupo
Vantagens Desvantagens Vantagens

Desvantagens

–       Flexibilidade: você decide seu roteiro, tempo em cada ponto

–       Como o nome diz, é privado, ou seja, mais privacidade no seu tour

–       Experiência (e charme) em andar em um barco típico tailandês

–       Não bate tanto na água como o speed boat

– Preço

Essa “desvantagem” é bastante relativa, uma vez que os preços dos tours em grupo podem se assemelhar. Além disso, há que colocar na balança os prós e contras de cada um. Muitas vezes vale a pena pagar um pouco a mais para ter uma melhor experiência.

– Conhecer pessoas

– Preço (vale o mesmo escrito aqui ao lado). Às vezes pode sair mais barato.

– Você fica dependendo dos horários do grupo

– Mais gente para subir ao barco, descer do barco etc..

– Como vai bastante rápido, pode dar impacto na água (vai batendo)

Bom, com todas essas informações tenho certeza que o único trabalho será definir o dia do passeio!


Gostaria de ressaltar que esse NÃO É UM ARTIGO PATROCINADO. A intenção deste post é dividir com você, querid@ leitor(a), uma super dica de passeio para fazer em Koh Phi Phi, com alguém responsável e de confiança. Realizando com ele você estará fazendo um turismo consciente, ajudando muito um tailandês trabalhador a sustentar sua família. E se for agendar com ele, avise que leu aqui no Blog TravelerBR (para facilitar, diga que foi indicação do Rodrigo, mergulhador brasileiro da Profun Divers). Muito obrigado!


Espero que tenha gostado.

E me diga então… Já fez esse passeio? Foi com o Mister Musa? Deu vontade de ir? Conte p/ nós aqui nos comentários. Avião TravelerBR

Rodrigo Siqueira

Rodrigo Siqueira

Gaúcho, advogado por formação, instrutor de mergulho e mochileiro por opção. Acredita no turismo simples, sem frescuras. Viaja não só para visitar lugares, mas também para conhecer diferentes culturas, interagir com o povo local e experienciar o novo. Não consegue mais não viajar. Sempre com um mapa à mão, pronto para escolher o próximo destino.
Rodrigo Siqueira

Related Posts

  • Marcel Luiz Arantes

    Show o seu post Rodrigo!
    Você tem indicação de lugares bons e não tão caros pra ficar em Phi Phi agora em dezembro?
    Pensei em uns R$ 200-250,00 no max a diária. Não quero ficar na muvuca, mas também não isolado, ehehe, um meio-termo!! Não precisa falar de hotel, mas a região da ilha ja seria de muita ajuda!
    Grande abraço.

    • Olá Marcel! Fico contente que tenha gostado do Post! Muito obrigado!
      Dezembro geralmente é uma época bem movimentada em Phi Phi. Já que você pretende um meio termo entre a “muvuca e o isolamento”, sugiro pegar alguma opção pela Baía de Tonsai. Para o lado da Nice Beach você terá boas opções como: Cliff Hotel, Mama Beach Hotel, Nice Beach Hotel, Phi Phi Sand Sea View… já em direção a Long Beach, você tem o Andaman e o Bay View. Todos esses que listei são considerados hotéis médios. Gosto muito dessas áreas, principalmente a do Nice Beach. 10 minutos de caminhada e você estará no centro de Phi Phi.

      Pode dar uma olhada na área deles e ver alguma outra opção também. Se for reservar pelo Booking, há um link aqui em cima, ao final do post. O TravelerBR tem parceria com o Booking.com e reservando por aqui você ajuda a manter o blog e não paga nada a mais por isso.

      Fico à disposição no que eu puder ajudar, Marcel.

      Abraço

      • Marcel Luiz Arantes

        Muito obrigado pela ajuda Rodrigo, ja to olhando!!
        Nesse esquema do barqueiro, se aumentamos o nr de horas de passeio no barco o preço sobe também?
        Você conhece ko Lipe?
        Tenho do dia 03 a 10 para fazer ko phi phi e Ko lipe, pensei em dividir assim:
        De 03 a 07 pela manha em Ko Phi Phi
        De 07 a tarde a 10 pela manha em Ko Lipe, a tarde volto para Bkk.
        Ta bom assim? Mudaria algo?
        Abs!!

        • Olá Marcel!
          Geralmente os passeios são de 6 horas, mas você pode negociar com ele para mais (ou menos) tempo.

          Infelizmente não conheci Koh Lipe, mas escutei que é muito lindo.

          Achei boa sua divisão. O único ponto é cuidar do transporte de Koh Lipe para Bangkok. Teria que ver qual é o aeroporto mais próximo e se consegue chegar a tempo, já que terá um ferry desde Koh Lipe.

          Abraço

  • Lucas Mattos

    Baita post Rodrigo!! Moro em Bangkok e vou para Phi Phi (pela primeira vez) no final de Outubro. Terias alguma indicação de praias tranquilas e mais vazias em Phi Phi Don? Vou ficar alguns dias na ilha e a ideia era só curtir o mar e areia após fazer o longtail!! Abraço

    • Olá Lucas! Muito obrigado!!
      Legal que está indo a Phi Phi! Com certeza vai curtir muito!
      Praias tranquilas que curto em Phi Phi:
      1. Nice Beach (fica perto do Cliff Hotel, Mama Beach Hotel, Nice Beach Hotel, Phi Phi Sand Sea View);
      2. Caminho para Long Beach – tem várias praiazinhas pequenas muito boas para somente relaxar.
      3. Long Beach – também é uma praia tranquila, embora um pouco mais cheia; e
      4. Loh Moo Deh – essa é perfeita para sua proposta! Fica passando a long beach. O único ponto é o retorno para seu hotel, que dá uma caminhada de mais ou menos 1 hora até o centrinho de Phi Phi.

      Qualquer uma delas você pode conversar para que o Musa o deixe lá.
      Espero ter ajudado. Qualquer outra informação pode escrever aqui 😉
      Abraço

  • Marcelo Chelou

    Show seu post
    Estou fazendo um mochilao com minha esposa pelo sudesteasiatico ,ela é fotógrafa , vamos procurar ele sim , . Será que ele aceita uma parceria com fotos para os turistas?

    • E aí Marcelo, tudo bem?
      Valeu pelo elogio! Que bom que curtiu!
      Legal do mochilão de vocês!!
      Cara.. realmente não sei. Ele é uma pessoa super simples e trabalha p/ sustentar a família, que mora em Krabi. Talvez ele nunca tenha sequer pensado nisso.
      Eu acho incrível essa ideia das fotos com turistas, mas talvez funcione melhor em barcos de grupo pequeno, como os speedboats. Mas dá p/ formatar como seria e trocar uma idea com ele sim.. se rolar melhor!
      De qualquer forma, há espaço para fotógrafos lá! Muitos turistas me perguntam se conheço alguém que faça ensaios. Quando estarão na ilha? Podemos conversar e tentar achar algum caminho…

      • Marcelo Chelou

        Fala fera
        Então estou em bangoke hoje ,vou chegar em Phi phi amanhã dia 08/11/2017
        Você vai está por aqui? Como acha que podemos viabilizar isso ?
        Se puder add meu wats 12 981314015
        Obrigado

  • Rosana Goulart Berto

    Oii Rodrigo! Estou indo para Tailândia em Janeiro. Primeiro vou ficar em Bangkok, 3 dias. Depois irei ficar em Ao Nang, mais 3 dias e depois irei a Phi Phi mais 3 dias… Pelo que li nos blogs e pesquisei nos mapas, existem alguns lugares/praias perto de Ao Nang e outros perto de Phi Phi, certo? Quais os passeios em Ao Nang vc me sugere? Beijos, obrigada.

    • Olá Rosana, tudo bem?
      Legal que estará lá em Janeiro! Vou estar por lá também. Passe na escola de mergulho p/ dar um oi!
      Em Ao Nang e Railay vale a pena fazer o passeio das 4 Ilhas! Gostei muito também de ter visitado o Khao Panhombencha National Park e sua linda cachoeira, a Huay Tho. O parque fica a aproximadamente 30km de Ao Nang. A entrada no parque custa 100 Baths por pessoa (Aprox. R$ 10).

      Espero ter ajudado
      Qualquer coisa estou à disposição

      • Rosana Goulart Berto

        Esse passeio que fiquei interessada mesmo. Mas o que vc me sugere, compro pelos site esse passeio ou posso comprar lá na hora? Pq pensei em deixar tudo comprado daqui do Brasil, até os de Phi Phi. Qual o nome da escola de mergulho? Fica em Phi Phi? Obrigada!! Até.

        • Olá Rosana!
          Desculpa a demora da resposta, estive com o site em manutenção.
          Então, para esses passeios de long tail geralmente não são feitas reservas, ou seja, você pode pegar de um dia para o outro. O que eu sugiro é vc deixar marcado quando chegar na ilha.

          A minha escola de mergulho se chama Profun Divers e fica em Phi Phi.

          Quando chegar em Phi Phi pode me escrever e eu te ajudo com o agendamento do barqueiro, mergulho etc, se você desejar.

          No que precisar e eu puder ajudar estou à disposição.
          Um abraço, até logo!