Liveaboard no Arquipélago de Abrolhos – Bahia Bahia / Brasil

O Arquipélago de Abrolhos é o conjunto de 5 ilhas – Siriba, Sueste, Guarita, Santa Bárbara e Redonda – dispostas em forma de arcos, restos da borda de uma antiga cratera vulcânica. Está localizado há aproximadamente 70 km da costa baiana e desde 1983 é considerado como Parque Nacional Marinho por abrigar ecossistemas únicos, além de estar na rota de reprodução e migração de diversas espécies de aves marinhas e mamíferos. O controle do parque é realizado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O Arquipélago de Abrolhos também é muito conhecido por se transformar, nos meses de julho a novembro, em um verdadeiro santuário para a reprodução, nascimento e amamentação das baleias da espécie Jubarte. Durante a navegação é possível vê-las da superfície e se encantar com seu nado lento e majestoso.

Mesmo estando um pouco “fora da temporada”, já que era final de novembro, nosso grupo conseguiu ver uma linda família nadando: 1 casal de adultos e um filhote.

A impressão embaixo d’água é igualmente surpreendente! Vasta vida marinha, coloridos corais e preservados naufrágios. Clique nesse vídeo abaixo e tenha uma ideia de como é o fundo do mar nesse paraíso:

O símbolo do Arquipélago é o farol de 22 metros de altura, pintado com faixas horizontais em preto e branco. A torre do farol fica no ponto mais alto da ilha de Santa Bárbara, a maior do arquipélago e única habitada, cuja administração é feita pela Marinha do Brasil.

TravelerBR - Abrolhos -7
TravelerBR - Abrolhos -6
Farol de Abrolhos na Ilha de Santa Bárbara
Fotos: Affonso Barros Filho
Vista da Ilha de Santa Bárbara, desde o Farol

Uma curiosidade… Muito provável que você já tenha ouvido falar sobre a origem do nome “Abrolhos”. Embora haja divergências, acredita-se que o arquipélago ganhou esse nome pela existência, nas antigas cartas náuticas, de uma advertência aos navegantes da região, alertando aos mesmos sobre a presença de recifes submersos próximos à superfície, os quais poderiam facilmente atingir os cascos das embarcações. A tal advertência era “ABRA OS OLHOS”. De tanto “abra os olhos, abra os olhos”, acabou se tornando ABROLHOS.


Como chegar ao Arquipélago?

O primeiro passo é chegar a pequena cidade de Caravelas, Bahia, a qual é o ponto mais próximo e porta de entrada para o Arquipélago de Abrolhos. Via aérea você pode chegar pelos aeroportos de Teixeira de Freitas/BA (98 km), Porto Seguro/BA (280 Km) e Vitória/ES (404 km) e então alugar um carro, pegar um táxi ou um transfer.

Uma vez em Caravelas, há algumas operadoras que fazem saídas diárias ou liveaboards. Fiz esse Liveaboard de 3 dias em parceria com a Dive Sul Escola de Mergulho, de Porto Alegre, e Abrolhos Embarcações, as quais “de olhos fechados” eu recomendo.

Rodrigo Siqueira

Rodrigo Siqueira

Gaúcho, advogado por formação, instrutor de mergulho e mochileiro por opção. Acredita no turismo simples, sem frescuras. Viaja não só para visitar lugares, mas também para conhecer diferentes culturas, interagir com o povo local e experienciar o novo. Não consegue mais não viajar. Sempre com um mapa à mão, pronto para escolher o próximo destino.
Rodrigo Siqueira

TravelerBR