Posts in Category

Belize

Chocolate de Belize

Se você pensa que a gastronomia de Belize se resume a peixes e frutos do mar, está enganado. Muito mais do que tais iguarias – também deliciosas! –, o pequeno país é referência na produção de chocolates.

E não é à toa que o país leva esse título. O processo é bastante artesanal e criterioso. Tudo começa nas pequenas propriedades familiares localizadas no extremo sul de Belize, onde o cacau é plantado e colhido. Retirado os grãos da polpa, a matéria prima é deixada fermentar, ao sol, envolta em folhas de bananeira. São escolhidos os melhores grãos para serem torrados e, após essa etapa, eles são separados da casca. Agora o chocolate começa a nascer.

Mergulhando no Blue Hole, Belize

Muito provável que você já tenha visto uma imagem de lá rolando pela internet. Talvez tenha tido ela, inclusive, como papel de parede do seu computador. Se você não se recorda do Blue Hole, vou refrescar sua memória:

O Great Blue Hole

O Great Blue Hole – Grande Buraco Azul, em tradução livre – é literalmente um “buraco” de gigantescas proporções – 300 metros de largura e 124 de profundidade –, localizado próximo ao centro do Lighthouse Reef, há aproximadamente 100 km da costa de Belize. Faz parte da extensa barreira de corais do país e foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1996.

A imensa cratera ficou mundialmente conhecida quando o mergulhador francês Jacques Cousteau declarou tratar-se de “um dos 10 melhores pontos de mergulho no mundo”. E não foi à toa! Com suas águas mornas e transparentes, somado à formação diversidade de vida marinha, o Great Blue Hole passou a figurar na bucket list da maioria dos mergulhadores recreacionais.

As saídas de mergulho ocorrem das 6 da manhã às 6 da tarde e compreendem 3 mergulhos. A viagem até o primeiro dive site é longa – 2:30 horas, em média – mas os barcos costumam ser confortáveis e oferecerem água e frutas.

O primeiro spot é o próprio Blue Hole, por ser a mais profunda das imersões. Passado o briefing e dividido o grupo, é feita uma descida a 40 metros, onde se vê a impressionante formação de estalactites e estalagmites. No local não há corais e nem muita vida marinha, mas é possível ver alguns peixes, além de espécies de tubarão de arrecife (Caribbean Reef Shark, Nurse Shark, Lemon Shark, Blacktip Shark). Se der sorte você poderá encontrar também algum Bull Shark, Tiger Shark e/ou Hammerhead Shark perdido por lá.

Caribbean Reef Shark no Blue Hole

O segundo mergulho é feito no Aquarium, na parte de fora do Blue Hole, no Lighthouse Reef, um atol de águas rasas, mornas e transparentes. Aqui a fauna e flora marinha dão as caras em expressiva quantidade. Além de coloridos corais, você encontrará diversas espécies de peixes (Barracudas, Groupers, etc), tubarões de arrecifes e tartarugas.

Antes do último mergulho o barco faz uma pausa para o almoço no Audubon Sanctuary of the Red Footed Booby Birds, onde se pode observar essas aves (também conhecidas como Sula Sula), além de grandes iguanas. E é claro, dar uma cochilada na sombra de um coqueiro após o rango!

Foto 3 - Blue HoleAudubon Sanctuary of the Red Footed Booby Birds – Pausa para o almoço!

De volta ao barco, o 3º e último mergulho é no Half Moon Caye. Com características similares à 2ª imersão, acrescenta-se a quantidade de arraias e nurse sharks.

No vídeo abaixo você confere um resumo desses “mergulhões” no Blue Hole, em Belize:

Diversas Dive Shops fazem o Great Blue Hole, partindo tanto de San Pedro quanto de Caye Caulker. Como é de se esperar, há diferença nos preços e na qualidade do serviço. Quando fui, em maio de 2013, utilizei os serviços da Amigos Del Mar, de San Pedro. À época eles eram credenciados PADI e prestaram um ótimo serviço, com um excelente barco, boas comidas e tripulação educada. Paguei US$ 350, já com as taxas (maio/2013), o que era acima da média dos concorrentes, mas achei justo o valor em razão da boa reputação e da qualidade do barco. No entanto, desde 2014 a Amigos Del Mar não é mais afiliada PADI e não sei como estão seus serviços.

A Belize Diving Adventures é credenciada PADI em San Pedro e opera expedições para Blue Hole e outros arrecifes. Mas nunca mergulhei com eles.

 

Informações que você precisa saber

– A escolha da Dive Shop é muito importante: Leia bastante à respeito dela antes de contratar a expedição.

– A viagem dura praticamente o dia todo. Embora as águas daquela região sejam tipicamente calmas, enjoos podem acontecer. Se você é propenso a essa situação, não esqueça o remédio.

– Os preços dos mergulhos em geral são negociáveis, variando pelo número de pessoas, dias de mergulho, aluguel de equipamentos etc.

– Na alta temporada (jan/fev e jun/jul) os barcos costumam ficar cheios. Talvez uma reserva seja recomendável.

– Com os barcos cheios, cresce a importância de controle do seu equipamento. É razoável identificá-lo antes de embarcar.

 

Como chegar a San Pedro e/ou Cave Caulker

Partindo de Belize City, você tem a opção de pegar um voo ou um ferry (water taxi) até as ilhas. Para a primeira alternativa, a empresa Maya Island Air opera a rota por aproximadamente US$ 150 ida e volta. O voo dura de 15 a 20 minutos e partem praticamente de hora em hora, desde as 7 da manhã às 4 da tarde.

Já para a segunda opção, bem mais econômica, a empresa Belize Water Taxi te leva por US$ 15 um trecho ou US$ 25 ida e volta. Assim como os voos, há bastante oferta de water taxis. Consulte os horários clicando aqui.

E aí… pronto para mergulhar nesse paraíso?